TATUAPÉ: Cadê a linha de ônibus?

TATUAPÉ: Cadê a linha de ônibus?

A moradora do Tatuapé, Maria Aparecida do Nascimento, voltou a cobrar a SPTrans (São Paulo Transporte) sobre o fim da linha de ônibus Cambuci-Parque São Jorge, que antes ainda chegava até a Vila Mariana. Ela afirmou não saber porque a Prefeitura tirou o transporte de circulação, já que estudantes, pacientes de hospitais e moradores de uma maneira geral utilizavam a linha. Há cerca de 15 dias Aparecida havia entregue sua reivindicação à presidente do Conseg do Parque São Jorge, Isabel Secco Dias. Na última segunda-feira, 17, foi a vez de Inez Martarelli, presidente do Conseg Tatuapé, receber o pedido.

COMUNICADO
Aparecida relatou que a linha, com seis ônibus em circulação, deixou de servir à população no dia 8 de novembro. Segundo ela, por meio de comunicado, a SPTrans deu 15 dias para os passageiros procurarem outras linhas alternativas. No entanto, conforme a moradora, não há opções com o mesmo percurso. Com isso, é preciso pegar duas ou três linhas diferentes para chegar ao mesmo lugar.

ATENDIMENTO
De acordo com Ana Lúcia, que representa a CET e a SPTrans nas reuniões dos Consegs, as linhas não são suprimidas somente porque não há atendimento suficiente de passageiros. “A empresa faz um estudo do percurso e sempre tenta alternativas para que a linha permaneça servindo aos passageiros”, explicou.

TRANSTORNOS
Ana disse, também, que quando as alterações causam transtornos à população as linhas são readequadas e voltam a circular caso haja necessidade. “Antes de modificar o trajeto de linhas ou diminuir o número de ônibus em circulação, a SPTrans analisa o número de embarques e desembarques, horários com maior quantidade de passageiros, entre outros detalhes”, completou a representante.

Deixe um comentário

*