Fisioterapia na artrose glenoumeral

Fisioterapia na artrose glenoumeral

A articulação do ombro por apresentar uma grande amplitude articular está sujeita a inúmeras patologias que levam a dor e a restrição de movimentos.

Uma delas é a artrose glenoumeral, fonte de dor e incapacidade funcional que atinge uma parcela da população mais idosa. A artrose nada mais é do que a lesão da cartilagem articular criando um atrito entre a cabeça do úmero e a glenóide, este atrito prolongado faz surgir o que chamamos de osteófitos ou esporões.

Quais são as causas da artrose glenoumeral? São varias, entre elas:

  • Lesões repetitivas (ocasionadas por uma instabilidade articular crônica);
  • Traumas (uma fratura ou luxação);
  • Processo inflamatório crônico (artrite reumatóide);
  • Osteonecrose (perda de aporte sanguíneo para os ossos);
  • Lesão crônica do manguito rotador;
  • Pós-cirúrgicos.

O tratamento, a princípio inicial, deve ser sempre conservador com medicamento prescrevidos por seu médico, e também fisioterápico.

O tratamento com fisioterapia é realizado após uma avaliação, onde será indicada a melhor conduta para o caso, são utilizados técnicas manuais ou recursos com aparelhos para a reabilitação global do paciente, proporcionando um bem estar geral.

Consulte-nos para uma avaliação criteriosa.

Dr. Edimilson Marton – especialista em RPG – Crefito 12.346/F
Rua Serra de Bragança, 1.355, Tatuapé, fones: 3628-2125 e 3628-2129

Deixe um comentário

*