TRÂNSITO: Morador pede obstáculo

TRÂNSITO: Morador pede obstáculo

Sr. redator:
“Moro ao lado do Shopping Jardim Anália Franco, há quatro anos, e estou enviando este e-mail na esperança de conseguir a ajuda para evitar uma catástrofe. A questão é que não aguento mais ver acidentes acontecerem na Rua Felisbela Gonçalves. Essa rua vem da Avenida Regente Feijó até a Rua Eleonora Cintra. É uma subida em que os carros vêm em alta velocidade e, ao chegarem próximo à entrada do shopping, onde existe uma curva fechada, perdem o controle.

Esse trecho é onde muitas pessoas atravessam para ir ao shopping. No ano passado, houve um acidente em que o carro derrubou um poste de iluminação. O poste ficou no local por meses, até ser retirado, e nunca foi substituído. No dia 9 de junho, por volta da meia-noite, mais uma vez um carro, em alta velocidade, não conseguiu fazer a curva e violentamente derrubou mais um poste e as placas de sinalização.

Os ocupantes saíram andando do carro e não houve nenhum socorro médico. Mas poderia ter matado alguém, pois, mais uma vez, o motorista invadiu a ‘ilha’, onde muitas pessoas atravessam. Por ser um horário em que o shopping se encontra fechado, graças a Deus não ocorreu nada mais grave.

Deveríamos lutar para haver a colocação de uma lombada na reta da subida e/ou proteções nessa ilha para que o carro, ao perder o controle, não atravesse a pista, podendo bater no veículo que está no sentido contrário ou atropelar alguém.”

Alessander Aurichio

Deixe um comentário

*