Galho de árvore não é retirado no Centro Esportivo

Galho de árvore não é retirado no Centro Esportivo

Queda ocorreu há cerca de duas semanas, mas equipes da Prefeitura não foram ao local

O Centro Esportivo Brigadeiro Eduardo Gomes, localizado na Rua Apucarana, ao lado da estação Carrão do Metrô, não está recebendo a devida atenção da Secretaria Municipal de Esportes, em uma das pistas de caminhada, ao lado dos campos de futebol. Moradores do Tatuapé, como Fábio Martim, estão reclamando do fato de nenhuma equipe de manutenção ter sido direcionada para o local, com o objetivo de retirar um dos galhos de uma árvore que caiu há cerca de duas semanas.

Quem gosta de caminhar no local precisa ter a atenção redobrada à sinalização que foi colocada no ponto onde parte da árvore caiu. Além disso, as famílias devem ficar atentar às crianças, pois algumas têm a curiosidade de chegar mais perto e podem se ferir. O mesmo acontece com os bichos de estimação, que necessitam estar presos às guias e com fucinheira, dependendo da raça.

Além de recolher o galho caído da espécie, os frequentadores sugeriram que a secretaria encaminhe um engenheiro agrônomo ao espaço para verificar a situação das outras árvores. Segundo eles, seria uma forma de evitar a repetição do acontecimento e a possível ocorrência de um acidente mais grave. O centro esportivo possui várias árvores catalogadas pela Secretaria do Verde e do Meio Ambiente. No entanto, o período de chuvas fortes e ventanias exige uma frequência maior do serviço de podas.

Deixe um comentário

*