Parque Várzeas do Tietê tem vários eventos

Parque Várzeas do Tietê tem vários eventos

O Parque Várzeas do Tietê realizará várias rodas de conversa sobre patrimônios históricos e culturais no Núcleo de Lazer, Cultura e Esporte Itaim Biacica. O evento faz parte da campanha educativa de conservação e valorização dos patrimônios. Estão previstas várias atividades visando promover o conhecimento dos patrimônios ambientais, históricos, e culturais, incentivando sua preservação.

A apresentação do Projeto de Restauro do Casarão da Fazenda Biacica acontece no próximo dia

Dia 12, às 10 horas, com o palestrante José Alfredo Queiroz, arquiteto da Gomes Machado Arquitetos Associados.

Depois, os visitantes podem acompanhar a “Mostra de Cinema/Cine-Debate”, que ocorrerá em outubro. No dia 19, às 14h30, “Histórias que só existem quando lembradas”, de Julia Murat. No dia 20, às 10h30, “Aquarius”, de Kleber Mendonça Filho. No mesmo dia, às 14h30, “Era o Hotel Cambridge”, de Eliane Caffé. No dia 21, às 10h30, “O último cine drive-in”, de Iberê Carvalho. No mesmo dia, às 14h30, o encerramento com “Saneamento básico – o filme”, de Jorge Furtado.

VISÃO DE FUTURO

A campanha educativa se desenvolve em quatro linhas de ação, contemplando formação, educomunicação, engajamento e difusão. As atividades começam pelo Núcleo de Lazer, Cultura e Esporte e depois poderão se expandir para outras áreas do parque.

A campanha reforça a “visão de futuro” da comunidade, que foi expressa durante oficinas participativas realizadas entre abril e maio deste ano. Nessas oficinas, os usuários do Núcleo manifestaram a preocupação com a proteção das várzeas do Rio Tietê – importantes para a contenção das águas da chuva e controle das enchentes – e com a conservação dos equipamentos do Parque.

O DAEE investiu cerca de R$ 8,7 milhões na implantação do Núcleo, que conta com um campo de futebol society, duas quadras poliesportivas, sala para educação ambiental, academia e salas para atividades da terceira idade, biblioteca, oficina de leitura e prosa, playground, 16 churrasqueiras, lanchonete, posto da guarda civil municipal, vestiários, trilhas, estacionamentos, além de instalações administrativas e de manutenção.
HISTÓRIA

O centro de educação ambiental está instalado na antiga sede da fazenda Biacica, um casarão com arquitetura luso-brasileira, onde, segundo registros históricos, a Ordem de Nossa Senhora do Carmo teria mantido uma capela construída no século XVII. Na porta principal, de três metros de altura em madeira de lei, é possível ver a data de 1682 gravada no alto. No século passado, quando pertencia à família Fontoura, o imóvel ganhou novos cômodos ao redor e uma varanda na frente, onde ficam dois painéis com desenhos em azulejos portugueses. Neles, estão representadas a chegada dos portugueses em São Paulo em 1532 e a catequização dos índios pelos jesuítas em 1554. A obra é datada do ano de 1952. O conjunto foi tombado pelo Patrimônio Histórico em 1994, medida que havia sido sugerida pelo escritor Mário de Andrade em 1937, quando a visitou como técnico do Iphan.

O parque fica na Estrada da Biacica, 756 – Vila Seabra (próximo à estação Itaim Paulista da CPTM). O lugar funciona de segunda a domingo, das 8 às 17 horas. Mais informações podem ser obtidas no telefone 2025.2041.

Deixe um comentário

*