O Cravo e a Rosa

O Cravo e a Rosa

O grupo teatral O Fi’los volta aos palcos este mês com o espetáculo musical “O Cravo e a Rosa em: Confusão no Jardim”, no Teatro Paiol Cultural, um dos espaços mais tradicionais da cidade e qua apresenta ao público uma grande variedade de peças, apresentações musicais e shows de humor.

Fugindo da violência que acompanha o dia a dia, excluindo-se de desenhos violentos, o espetáculo “O Cravo e a Rosa em: Confusão no Jardim” surge trazendo de volta o mundo da magia às crianças. Com o intuito de mostrar esse encantamento, tão defasado no mundo atual, o espetáculo vem contribuir ensinando valores como amizade e companheirismo, passando também por críticas sociais e ensinamentos, como a reciclagem. Porém, o objetivo maior é o de estimular a criatividade e a imaginação das crianças, fazendo-as refletir e construir uma opinião própria quanto à prática de tais valores.

Reportando-se ao amor inocente de duas flores, o Cravo e a Rosa traz ensinamentos como o valor da amizade, do companheirismo e do afeto, falando sobre reciclagem e apresentando músicas que exploram ritmos como o afoxé e o samba.

No espetáculo, Rosa está desiludida, pois queria se casar com o Cravo e torná-lo rei do jardim, porém, quando fica sabendo de uma história contada pelo Girassol, fica chateada. Girassol quer ser o rei, pois tem o ego muito inflado, mas acaba se envolvendo em grandes problemas por conta de suas mentiras. Em um jardim onde a mãe Terra, Grama e até o Lixo têm vida própria, tudo pode acontecer.

No elenco estão: Alexandre Battel, como Girassol; Aline Registro, como Rosa; André Lessa, como Lixo 2; Efraim Ribeiro, como Senhor Samambaia; Kary Kiss, como Terra; Ozamir Araújo, como Cravo; Patrick Cajaíba, como Lixo 1; e Diego Muras (Rodrigo Zuky em stand by), como Senhor Grama.

Texto, letras e direção geral: Alexandre Battel. Melodias: Alexandre Battel e Kaíque Maltezzi. Arranjos: Luiz Miguel e Victor Huggo. Direção musical: Ozamir Araújo. Coreografias: Alexandre Battel e Ozamir Araújo. Cenografia e figurino: o grupo, sob a coordenação de Alexandre Battel. Sonoplastia: Ivo Oliveira e iluminação: Patrícia Hakkak. Agradecimento especial à cantora Leci Brandão.

Alexandre Battel atuou como ator na Tchesco Produçoes, na Cia. ClaVan e no SBT. Além disso, foi diretor e assistente de direção na Companhia Aliáguias de Teatro. Estudou Língua Portuguesa na UnG – Universidade Guarulhos. Atualmente, ele é o responsável pelo grupo Fi’los e busca fazer com que a cultura se torne mais acessível à população. Para isso, trabalha com projetos que tenham um apelo popular, fazendo com que os moradores se interessem por teatro.
O espetáculo fica em cartaz de hoje, dia 1º de julho, até o dia 26 de agosto, todos os domingos, às 15 horas, com ingressos a R$ 40,00 (inteira). Vendas na bilheteria do teatro uma hora antes do espetáculo ou pelo site: https://goo.gl/BKdxoK. Classificação: livre. Duração: 50 minutos. Local: Rua Amaral Gurgel, 164 – Vila Buarque. Mais informações no telefone 3337-4517.

Deixe um comentário

*