Itaquera – Nova biblioteca talvez surja em 2019

Itaquera – Nova biblioteca talvez surja em 2019

O terreno que abrigaria a nova Biblioteca Sérgio Buarque de Holanda, em Itaquera, continua se deteriorando. O mato acabou de ser cortado, após cerca de um ano, e a estrutura que já foi construída continua sofrendo com as intempéries e o desgaste do tempo. Enquanto isso, a biblioteca segue funcionando de maneira precária no imóvel utilizado pela antiga subprefeitura. O espaço é pequeno e não tem como absorver um evento que envolva muitos participantes. Quem visita a biblioteca, atualmente, pode acompanhar o grupo de contação de histórias, jogos de tabuleiro, como xadrez, e uma grande seção de livros infantis.

Infelizmente, os R$ 3 milhões gastos pela Prefeitura foram perdidos e, para que a obra seja retomada, o processo terá de passar por nova licitação. Provavelmente, a proposta voltará a onerar os cofres municipais. Além disso, a empresa vencedora terá de corrigir o problema de trincas apresentado na administração anterior pela Secretaria de Obras. O premiado projeto de construção foi criado pela equipe do arquiteto José Rolemberg e executado pela Referma Construções Ltda..

A primeira fase do prédio construído dá uma ideia de como seria o plano. Porém, a planta e a maquete não foram deixadas na biblioteca para que as pessoas pudessem conhecer como o lugar ficaria no futuro. Quem passa pela Victório Santim consegue ver a estrutura de dois pavimentos, com várias vigas de sustentação. Contudo, não há funcionários trabalhando e a área está cercada por um alambrado. Além do primeiro investimento, fica a expectativa de que a secretaria promova a construção de um Centro Cultural aos moldes do existente na Penha.

Hoje, as pessoas com deficiência, mobilidade reduzida ou em cadeira de rodas reclamam do fato de terem de terem de pedir a permissão da segurança da biblioteca para poder entrar. Isso porque o portão que dá acesso à rampa com piso tátil, localizado na Victório Santim, está fechado com cadeado. Já a outra entrada, na Rua Gregório Ramalho, só pode ser acessada após a subida de dez degraus.

A biblioteca funciona de segunda a quinta, das 8 às 17 horas; sábado, das 9 às 16 horas; e domingo, das 9 às 13 horas. Mais informações no telefone 2205-7406.

Deixe um comentário

*