Centro Cultural da Penha é oficialmente inaugurado

Centro Cultural da Penha é oficialmente inaugurado

Na quarta-feira, dia 12, o prefeito Gilberto Kassab esteve na Penha para entregar oficialmente as obras de reforma do Centro de Cultura da Penha, no Largo do Rosário. Formado pelo Teatro Martins Pena, a Biblioteca José Paulo Paes, o Espaço Cultural Mario Zan e um telecentro, o equipamento tem como objetivo facilitar o acesso aos bens culturais do município.

Moradores da Penha e antigos frequentadores do espaço gostaram das mudanças. “Eles estão maravilhados.  O elevador foi um divisor importantíssimo do antigo para o novo prédio. Agora em funcionamento, ele viabiliza o acesso das pessoas, principalmente dos mais idosos, às salas de aula, à biblioteca e ao telecentro que ficam nos andares superiores”, observou Claudeti Kovacs, da equipe de apoio.

“Estamos muito felizes com as instalações. O teatro ficou maravilhoso e conta inclusive com tela para projeções. Há muitas atividades em andamento e já temos fila de espera em alguns cursos”, destacou a diretora do Centro Cultural da Penha, Luciana Schwinden.

INFRAESTRUTURA
As oficinas acontecem nos períodos da manhã, tarde e noite em horários alternativos. “Temos dança de salão, dança contemporânea, dramaturgia, entre muitas outras oficinas, como a de xadrez. Gosto de dizer que é um começo e que adaptações ainda estão sendo feitas. Quero sentir mais o perfil da região e ouvir das pessoas o que elas gostariam de fazer. Assim poderemos inserir novos cursos para os próximos meses”, adiantou.

Segundo Kassab, a reforma possibilitará uma melhor prestação de serviço à população. “A comunidade ganha, por conta das reformas, um atendimento mais confortável, com mais qualidade, e consequentemente o equipamento será melhor administrado”, afirmou. “Ficou tudo muito bom.”

“A administração do espaço era um pouco atrapalhada e cada andar tinha um vínculo diferente de comando. Ao reformar e unificar a administração na Cultura, a população ganha com a manutenção do prédio e a coordenação das atividades”, disse o secretário municipal de Cultura, Carlos Augusto Calil.

Sobre o Programa de Reforma das Bibliotecas, Calil fez a seguinte avaliação: “Antes os prédios eram fechados, escuros e afastavam as pessoas. Agora, com a modernização das bibliotecas municipais, houve um ganho de espaço e de visibilidade também”, concluiu.

PRÉDIO DE 1970
Instalado no Largo do Rosário, 20, o prédio, construído em 1970, possui quatro andares e ocupa uma área de 3.511,93 m².

De acordo com a Secretaria Municipal de Cultura, o projeto de revitalização, que recebeu investimento da ordem de R$ 3,1 milhões, contemplou a reforma de todos os ambientes, com troca geral das redes elétrica e hidráulica, restauração do piso, colocação de divisórias nas paredes e forros no teto com proteção acústica, e pintura geral.

Além disso, o teatro Martins Pena, localizado dentro do Centro Cultural, ganhou ar-condicionado central, revestimento acústico e cadeiras estofadas. Dos novos espaços o estúdio de gravação ainda continua em obras e deve ficar pronto no início de 2013.

SERVIÇO
Informações sobre a programação podem ser obtidas pelo telefone 2295-0401 ou através do e-mail centroculturaldapenha@gmail.com.

Deixe um comentário

*