Zona Leste ganha faixa exclusiva

Zona Leste ganha faixa exclusiva

Em meados de setembro novos trechos de faixas exclusivas de ônibus começaram a funcionar na capital. Dentre eles, o da Rua Padre Adelino, no Belém – um trecho de 600 metros, que foi implantado entre a Rua Álvaro Ramos e o Viaduto Guadalajara.

BENEFÍCIOS
Vale lembrar que os benefícios da adoção da faixa exclusiva de ônibus para a velocidade dos coletivos foram tema de divulgações da Prefeitura de São Paulo em diversas oportunidades. Em agosto do ano passado, a Prefeitura de São Paulo informou que a velocidade média dos ônibus subiu até 108% no Corredor Norte-Sul (eixo da 23 de Maio).

Em relação aos corredores de ônibus (estruturas à esquerda), a Prefeitura realizou estudo que mostrou que os táxis limitavam a velocidade dos ônibus em 31,6% no sentido centro-bairro, e em 25,5% no sentido bairro-centro.

“Constatou-se o que é olhos vistos. Tudo que entra no corredor atrapalha o ônibus. A gente só não sabia o quanto. E verificamos que 1% dos usuários de carro atrapalham 99% dos usuários do transporte coletivo”, afirmou o secretário Jilmar Tatto no dia 17 de dezembro.

A Prefeitura e o Ministério Público adiaram uma decisão definitiva sobre a presença dos táxis nos corredores para março. Foi quando o governo municipal anunciou que a proibição ocorreria apenas nos horários de pico.

Já no dia 12 de setembro, a Prefeitura de São Paulo liberou o uso de todos os 440 km de faixas seis meses após permitir o tráfego de táxis nas vias exclusivas da Avenida 23 de Maio, das marginais e de outras nove importantes avenidas da cidade. De acordo com o secretário municipal dos Transportes, Jilmar Tatto, os táxis também vão poder parar para embarcar e desembarcar passageiros.

As faixas exclusivas são uma das principais bandeiras da gestão de Fernando Haddad (PT). Foram criados 356 km com a promessa de priorizar o transporte por ônibus na cidade. As faixas são estruturas localizadas à direita, como na Avenida Paulista.

Nos corredores de ônibus, que são espaços à esquerda totalmente segregados do trânsito, caso das avenidas 9 de Julho e Santo Amaro, continua valendo a proibição de táxis nos horários de pico – das 6 às 9 horas e das 16 às 20 horas.

Deixe um comentário

*