Visita ao Centro de Operações da PM – Copom

Visita ao Centro de Operações da PM – Copom

Na última quinta-feira, dia 21, a reportagem desta Gazeta foi convidada a conhecer o Centro de Operações da Policia Militar, localizado na Rua Ribeiro de Lima, 158, Bom Retiro. Na oportunidade, o 1º tenente Mascarenhas recepcionou a equipe e proferiu uma palestra sobre o trabalho realizado pelo órgão.

Segundo ele, as ocorrências são recebidas por um atendente através do número 190. No momento da ligação, aparece na tela desse profissional o local, ponto de referência e o número que está ligando.

A pessoa que atendeu, por sua vez, passa a ocorrência para o policial que despacha o chamado, pois na tela dele aparece qual area é e que viatura cobre o local, chamado de subsetor. De acordo com o tenente, quando a ocorrência é de vulto, ou seja de grande porte, a mesma é transmitida para a Força Tática, Rota, entre outros grupamentos da PM. Outra questão importante, destacada por ele, diz respeito à formação dos atendentes que precisam gerenciar momentos de crise e até desespero. Para isso, há um acompanhamento psicológico e técnico contínuo.

O palestrante lembrou, ainda, que todas as viaturas do setor ou área, ouvem todas as ocorrências, inclusive o Corpo de Bombeiros. Com relação ao atendimento telefônico, Mascarenhas frisou que todas as chamadas são supervisionadas por um sargento e um oficial, bem como pelos respectivos comandantes. Além disso, com a nova politica de atendimento, após a ligação chegar ao 190, a viatura da área tem no maximo cinco minutos para chegar ao local da ocorrência.

Para dar suporte aos chamados que chegam via Copom, a PM apresenta a seguinte estrutura: 93.799 policiais militares, 15.476 veículos operando, 27 helicópteros, quatro aviões, 439 cavalos e 355 cães. A PM recebe, em média, 74 mil ligações por dia e realiza até 15 mil despachos.

Deixe um comentário

*