Vigilância Solidária – Parque São Jorge se fortalece

Vigilância Solidária – Parque São Jorge se fortalece

O Programa Vigilância Solidária esteve entre os principais assuntos da reunião do Conseg Parque São Jorge, na última segunda-feira, dia 11. Para o capitão Edson Serra, comandante da 2ª Cia. do 51º Batalhão da PM, o projeto está entre os principais aliados da população para manter o bairro mais seguro. “O plano teve bom resultado na Rua Jacinto José de Araújo, por exemplo, após a implantação de câmeras e a integração dos moradores por meio de redes sociais”, lembrou o capitão.

Como o programa vem sendo divulgado há vários anos, quem vive na região começa a adotá-lo com mais confiança em resultados positivos. Outros endereços, como as ruas Dr. Raul da Rocha Medeiros, Travessa do Triunfo, Dr. Ernesto Mariano e Jorge Ramos, também foram incluídos no processo e passaram a ter um apoio maior da polícia durante as rondas. Isso porque, para fazer parte do Vigilância Solidária é preciso seguir regras, como o cadastro de todos os participantes, com RG, CPF, telefone da casa e celular das pessoas.

Após esta fase, com os moradores tendo aceitado o projeto, os inscritos recebem uma placa que ficará presa na fachada do imóvel ou condomínio, sem nenhum custo. A PM também nomeia um dos residentes como tutor, ou seja, o responsável por manter a polícia informada, chamar os vizinhos para as reuniões e pedir ajuda quando for necessário. Todas as demandas, antes de serem atendidas, passam antes pela observação e anuência do capitão.

Deixe um comentário

*