Tatuapeense cobra fiscalização

Tatuapeense cobra fiscalização

O morador da Rua Zabel Burunsuzian, no Tatuapé, Roberto Silvestre, voltou a entrar em contato com esta Gazeta para reclamar de motoristas que estacionam seus carros na via de maneira irregular. Segundo ele, na última terça-feira, 22, um dos veículos foi deixado na porta da garagem de sua casa, mesmo tendo guia rebaixada. No momento do telefonema, Silvestre estava desesperado, pois não sabia quem era o dono do automóvel, muito menos a que horas o mesmo retiraria o veículo do local.

AUTUAÇÕES
Há cerca de dois anos, o morador solicitou que a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) instalasse placas de proibido estacionar na rua. Na época, a empresa constatou que a rua possuía características de tráfego residencial, com baixo volume veicular.

Por conta disso, a fiscalização havia feito seis autuações e dez orientações por estacionamento irregular sobre calçada. Depois disso, implantou a sinalização regulamentando a proibição de estacionamento em um dos lados da via e prometeu intensificar a fiscalização.

CONCESSIONÁRIA
Atualmente, sem a presença da CET, muitos automóveis ficam estacionados várias horas sob as placas de proibição. Conforme Silvestre, de segunda a sexta, durante todo o dia, muitos moradores preferem tirar seus carros da garagem logo cedo para não ficarem impedidos mais tarde.

Questionado sobre a procedência dos veículos de motoristas infratores, o morador respondeu que os mesmos devem pertencer a lojistas, consumidores dos comércios próximos e até a uma concessionária de veículos importados. “Na maioria das vezes as pessoas vêm ao bairro para irem às ruas Apucarana, Itapura e à Azevedo Soares”, finalizou.

Deixe um comentário

*