‘Sonho de um Homem Ridículo’

‘Sonho de um Homem Ridículo’

Com seu teatro provocativo e questionador, Celso Frateschi volta à cena com mais um clássico de seu repertório, “Sonho de um Homem Ridículo”. Baseado no conto homônimo do escritor russo Fiódor Dostoiévski, o espetáculo volta ao Teatro Ágora para temporada até 14 de dezembro.

O personagem, um funcionário público, sabe que é ridículo desde a infância. Motivo de desprezo e zombaria de seus semelhantes, já não tem mais nenhum interesse na continuação da sua existência. Num dia inútil como todos os outros, foi abordado por uma menina que clamava por ajuda. Ele não só recusa o apoio à criança, como a espanta aos berros.

Ao voltar para casa, não consegue dar fim a sua existência. Adormece e sonha com a sua própria morte, com seu enterro e com uma vida após a morte. Viaja pelo espaço e por desconhecidas esferas. Experimenta a terra não manchada pelo pecado original e conhece os homens na plenitude da sabedoria e equilíbrio.

Apresentações: sextas e sábados, às 21 horas, e domingos, às 19 horas. Ingressos – R$ 30,00 (meia-entrada para estudantes e pessoas com mais de 65 anos). Local: Rua Rui Barbosa, 672 – Bela Vista. Mais informações pelo telefone 3284-0290.

Deixe um comentário

*