Serra de Botucatu: sinalização sobre paralelepípedos

Serra de Botucatu: sinalização sobre paralelepípedos

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) investiu em uma nova sinalização de solo na Rua Serra de Botucatu, no Tatuapé. A pintura contemplou desde faixas de pedestres até faixas contínuas dividindo as pistas, sentido centro bairro e vice-versa. O que chamou atenção dos moradores e comerciantes próximos, após elogiarem a intenção de tornar o trânsito mais seguro, foi o fato da CET dar prosseguimento ao seu plano sem consultar a Secretaria das Subprefeituras ou a Subprefeitura Aricanduva/Formosa/Carrão. Ou seja, parte do trabalho foi feita sobre os paralelepípedos, sem nenhum tipo de consulta.

Para José dos Santos, parece não existir uma comunicação entre os órgãos municipais. “Se os envolvidos na recuperação e zeladoria da cidade atuassem como uma equipe, esse tipo de situação não ocorreria”, reclamou. Santos relatou, ainda, ter ficado espantado com a execução do plano de sinalização sem que todo o piso ganhasse um reforço asfáltico. “Deu a entender que cada um faz a sua parte, independente da opinião ou das propostas do outro setor”, avaliou.

Em um trecho de cerca de 400 metros, a Secretaria pode reforçar todo o asfalto para que a Companhia de Tráfego possa efetuar a sinalização em definitivo. Isso porque quando a Prefeitura decidir interferir na via, tudo o que foi feito será coberto. Conforme a motorista Laís Helena, é um absurdo saber da possibilidade do dinheiro do contribuinte ser perdido dessa maneira. “Por que os projetos não passam por uma avaliação mais ampla? As pessoas simplesmente vão fazendo da cabeça delas e quem paga imposto tem de aceitar esse tipo de trabalho? Assim não dá”, desabafou

Deixe um comentário

*