Semáforos são instalados em cruzamento do Tatuapé

Semáforos são instalados em cruzamento do Tatuapé

Um dos cruzamentos mais perigosos do Tatuapé, formado pelas ruas Emilio Mallet e Francisco Marengo, ganhou semáforos. A implantação dos equipamentos, que ainda estão desligados, vem ao encontro de uma antiga reivindicação de moradores, pedestres e motoristas que passam pelo local.

ATROPELAMENTOS
Como as duas vias são de mão dupla e oferecem ao motorista a oportunidade de seguir em frente, seja sentido centro ou bairro, ou virar à esquerda ou direita, muitos pedestres são surpreendidos por maus condutores. “Tentei atravessar a Francisco Marengo quando um veículo que estava na Emílio Mallet entrou em alta velocidade sem dar seta”, reclamou Simone Soares.

Segundo ela, pessoas mais idosas chegam a desistir da travessia por terem medo de serem atropeladas. “Sem contar que a circulação de bicicletas também aumentou com a chegada do projeto ‘Bike Sampa’. Se tínhamos de nos proteger dos carros, ônibus e motos, agora têm os ciclistas”, ressaltou Simone.

ACIDENTES
Os acidentes são igualmente constantes no cruzamento, pois na Francisco Marengo, considerada via estrutural, por ligar pontos extremos da região, muitos motoristas aproveitam para acelerar. Enquanto isso, os condutores da outra rua precisam atravessar a Marengo, inclusive nos horários de pico, quando o trânsito fica congestionado. Aliado a esse problema estão os carros estacionados próximos às esquinas. Ou seja, como o condutor não tem a visão necessária, acaba se arriscando.

NOVAS PLACAS
Para o aposentado Narciso da Silva todas essas questões precisam ser vistas pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego). Tanto as ações educativas ligadas às alterações nas ruas e ao comportamento no trânsito, como toda a sinalização de solo e a instalação de novas placas. “Talvez esse possa ser o modelo do que precisa ser feito em outros cruzamentos do bairro, como das ruas Monte Serrat com Professor Pedreira de Freitas, por exemplo”, apontou.

O OUTRO LADO
Segundo a assessoria da CET, os semáforos de duas fases ainda estão apagados, no cruzamento da Rua Francisco Marengo com a Rua Emilio Mallet, em virtude da instalação da sinalização horizontal (faixas para pedestres e linha dupla contínua), seguindo as instruções para elaboração no Manual de Sinalização Urbana e disposições no Código de Trânsito Brasileiro, em especial no artigo 69.

Risco de acidentes é constante na Rua Emilio Mallet esquina com a Rua Francisco Marengo

Risco de acidentes é constante na Rua Emilio Mallet esquina com a Rua Francisco Marengo

ch semaforos_emilio_mallet - Cruzamento rua Emilio Mallet x Francisco Marengo - Carol

Para a Companhia, é importante salientar que todo o conjunto que envolve o projeto de sinalização vertical e horizontal no local, implantado pelos técnicos da CET, estará em funcionamento ainda hoje, dia 30, de acordo com o cronograma de trabalhos da empresa.

MAIS PROJETOS
Conforme a assessoria, a implantação da sinalização de todos os tipos segue critérios que garantem a uniformidade, consideram fatores de segurança, fluidez e acessibilidade, além do volume de tráfego, índice de acidentes, geometria e tipo de pavimento da via. Para finalizar, está em estudo pela Gerência de Engenharia de Sinalização a implantação de outros projetos de sinalização (vertical e horizontal), tanto no Tatuapé quanto em outros pontos da cidade. A CET lembra que, sempre que necessário, a população pode acioná-la gratuitamente pelo telefone 1188, que atende 24 horas por dia, ou enviar mensagem para o “Fale com a CET”, pelo site cetsp.com.br.

Deixe um comentário

*