Seleção

O técnico Luiz Felipe Scolari afirmou na quarta-feira, 7, após anunciar a lista de 23 jogadores convocados para defender a seleção brasileira no Mundial, que dessa vez foi bem mais fácil definir o grupo de jogadores em comparação ao grupo de 2002, quando ignorou o clamor popular e deixou fora o atacante Romário. Desta vez, o esquecido foi Robinho, mesmo sabendo que o atacante do Milan corria por fora nessa disputa. Com a base definida antecipadamente, a lista de convocados não foi surpresa. A principal dúvida, de acordo com Felipão, foi escolher o nome do quarto zagueiro da equipe. O treinador acabou optando pelo zagueiro Henrique, atualmente no Napoli, da Itália, para fechar o elenco que defenderá o Brasil no Mundial.

Deixe um comentário

*