Saúde

O Ministério da Saúde vai anunciar, até o próximo semestre, um pacote de medidas para mudar o modelo de atendimento e reorganizar o setor de planos de saúde no País. A medida atinge cerca de 50 milhões de brasileiros. A ideia é criar mecanismos para incentivar a oferta de planos de saúde individuais, que atendem usuários não ligados a empresas e sindicatos – ao todo, são cerca de 10 milhões de pessoas. Há dez anos, pouco mais de 50% dos usuários tinham planos coletivos. Hoje são cerca de 80%, segundo a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar).

Deixe um comentário

*