São Paulo, 24 a 30 de agosto de 1980 Ano VI – nº 278

LINHA LESTE
Com a inauguração, ontem, pelo governador Paulo Maluf, do ramal Leste do Metrô até a estação Bresser, e com a entrada em operação desta estação e mais a D. Pedro II, ambas também inauguradas ontem, uma parcela, embora ainda pequena, da população da Zona Leste começa a sentir na prática os efeitos da penetração desse sistema rápido de transportes rumo a seus objetivos maiores nesta populosa região.

THOMÁS EDSON
O inventor da lâmpada elétrica, Thomás Edson, e o centenário desta invenção foram rememorados com festa e inauguração de uma praça na esquina das avenidas Consolação e Paulista, em cujas plantas está perpetuada a memória do inventor e desse fato que revolucionou a industrialização e o modo de vida da humanidade. Nesse local, anteriormente usado por um estacionamento, agora tem um monumento de concreto construído pelo arquiteto João Valente e um jardim. A construção da praça foi iniciativa da União dos Comerciantes da Consolação e teve o apoio da AR-SE.

HOMENAGEM
A AAT – Associação dos Advogados do Tatuapé tem programada uma homenagem que vai prestar ao dr. Francisco Murillo Pinto, juiz diretor do Foro deste bairro “pela sabedoria, serenidade, zelo e dinamismo com que há anos vem dirigindo a administração da Justiça neste Foro”. A homenagem se dará durante um jantar da classe forense que se realizará no dia 26 de setembro.

RACHAS
Antes era na Avenida Tatuapé, agora os famigerados ases dos rachas transferiram suas loucas corridas para a Avenida Afonso de Sampaio e Souza (antiga Caguaçu) no Parque do Carmo, em Itaquera. Segundo os moradores o que se vê ali nos fins de semana é um verdadeiro ataque ao bom senso e a falta de civilização. Escapamentos abertos, apostas em dinheiro, segundo os moradores chegam a apostar até Cr$ 30 mil para quem vencer uma corrida. E o sossego dos moradores? Não existe mais. Já reclamaram ao DSV, mas até agora nenhuma providência foi tomada.

OBRAS DA VIA LESTE
Em cinco pontos diferentes ao longo do traçado da Via Leste, entre São Paulo e Mogi das Cruzes, 800 homens estão movimentando 197 máquinas pesadas, na execução da maior obra rodoviária do Governo do Estado. No final de 1982, a Via Leste já permitirá acesso rápido e seguro à Mogi das Cruzes. Mas a ligação terá outras funções importantes: ela desafogará a Via Dutra nas proximidades da capital; dará acesso ao futuro aeroporto metropolitano a ser construído em Cumbica; e servirá de acesso ao Parque Ecológico do Tietê e ao futuro Terminal de Cargas e Fretes.

Deixe um comentário

*