São Paulo, 11 a 17 de novembro de 1979 – Ano V – nº 237

TRÓLEBUS NA VILA PRUDENTE
Até janeiro próximo, a Avenida Paes de Barros será transformada no primeiro corredor de tráfego destinado a ônibus elétricos que fará a ligação entre o bairro de Vila Prudente e o centro da cidade. Para a implantação será necessário que a Prefeitura execute serviços de reforço de pavimentação nos três quilômetros da avenida, além de obras complementares. Segundo o programa, os ônibus circularão junto ao canteiro central, ao contrário da forma usual que utiliza a faixa próxima ao meio-fio. Dessa forma, os usuários poderão desembarcar com segurança, já que as paredes fixas terão grades e faixa de pedestre.

VIADUTO DE GUAIANASES COMEÇA EM JANEIRO
O viaduto de Guaianases, uma antiga reivindicação de todo o comércio e da população da região, terá suas obras iniciadas em janeiro. A informação é do prefeito Reynaldo de Barros, ao receber em seu gabinete uma comissão integrada por representantes de várias entidades. A obra representará um investimento da ordem de 100 milhões de cruzeiros e permitirá a ligação da Avenida Saturnino Pereira com a Rua Capitão Pucci, atravessando o centro de Guaianases. Possibilitará, também, a conexão entre a região do ABC com a via Dutra, passando por Itaim e São Miguel Paulista.

TRATAMENTO DE ÁGUA NA PERIFERIA
Com a colaboração da Secretaria da Saúde do Estado, a Prefeitura iniciou a distribuição maciça de frascos de cloro à população periférica não servida pela rede de abastecimento de água da cidade. A medida objetiva afastar o perigo de doenças comuns no verão, principalmente a desidratação, provocadas pelo consumo da água contaminada. O controle de uso efetivo e adequado do cloro será feito pela Coordenadoria de Bem-Estar Social e de Higiene e Saúde, através de visitas domiciliares por amostragem e baseadas na ficha de entrega do material ao público.

EESG AMADEU AMARAL COMEMORA 70 ANOS
A Escola Estadual de Primeiro e Segundo Grau Amadeu Amaral, no largo São José do Belém, um dos mais antigos estabelecimentos de ensino público da Zona Leste, comemorou 70 anos de existência. A escola foi criada dia 2 de fevereiro de 1909, mas a comemoração ocorreu no último dia 6, dia do patrono, o admirável poeta paulista Amadeu Amaral, que faleceu em 1929 e, desde 1932, tem seu nome imortalizado na placa dessa tradicional escola, como bandeira cívica para a comunidade belenense. O edifício da escola, construído no início do século, hoje faz parte do Patrimônio Histórico de São Paulo.

AR-PE VAI EMPOSSAR CONSELHO COMUNITÁRIO
O Conselho Comunitário da Administração Regional da Penha já está formado com representantes das associações de classe, clubes de serviços, entidades sociais e religiosas e sociedades amigos de bairros, de acordo com o decreto municipal nº 16.100/79 e a Portaria 75/79, que regulamenta o assunto. Isso segundo informação liberada pelo administrador regional Oswaldo Kawanami, que adianta que esse conselho será empossado no dia 26 deste mês, no auditório do teatro Martins Penna. A lei dá importantes atribuições a esses conselhos comunitários e já na posse com muitos problemas de verão a serem debatidos.

IPESP ATENDE 9 MIL PESSOAS
Reativada pelo seu atual superintendente, Ítalo Fittipaldi, a Carteira Predial do Ipesp convocou e atendeu, de março até o momento, 9 mil candidatos à aquisição de sua casa própria (imóvel com 180 dias de ‘’habite-se’’) e está promovendo reformas e edificações, abolindo de vez com as filas de pretendentes. Esse relato faz parte de uma exposição elaborada pela direção do Instituto de Previdência do Estado e encaminhada ao secretário da Administração, Wadih Helu.O documento mostra que, ao assumir a presidência do Ipesp, a atual diretoria tem o objetivo de tornar rentável o aproveitamento das terras do Instituto.

Deixe um comentário

*