Rua do Tatuapé – Moradores criticam propostas

Rua do Tatuapé – Moradores criticam propostas

O morador da Rua do Tatuapé, Lucas Bacchiega, esteve na reunião do Conseg Parque São Jorge, na última segunda-feira, dia 9, como representante de seus vizinhos, para reclamar de propostas de mudança de trânsito no endereço. Segundo ele, a intenção de se retirar as vagas de estacionamento do local para facilitar a fluidez do tráfego irá prejudicar centenas de pessoas que residem no local há 50 anos.

Lucas_Conseg Parque Sao Jorge - Sergio

Seu argumento foi que existem dois outros problemas responsáveis pelo consgestionamento na via. O primeiro é a feira-livre realizada todas as terças-feiras, na Rua Padre Germano Mayer, das 6 às 14 horas. Já o segundo trata do semáforo existente no cruzamento da Rua do Tatuapé com a Rua Antonio Macedo. Para o representante, como o tempo semafórico não é revisado há muito tempo, mas o número de carros aumentou, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) teria de fazer uma reavaliação no equipamento.

Pedido foi entregue à CET”

A rua está entre as principais alternativas para quem quer seguir no sentido da Avenida Salim Farah Maluf, ou em direção ao centro, por meio da Rua Conselheiro Cotegipe. A via também ajuda àqueles que desejam chegar ao Parque do Piqueri. Para o presidente do Conseg, Rogério Félix Martins, a questão da feira já foi discutida várias vezes, inclusive a sua mudança de local, para facilitar o trânsito, mas a ideia não foi acolhida pela Prefeitura. Quanto ao tempo do semáforo, o pedido de revisão foi entregue ao representante da Companhia de Engenharia de Tráfego, Idesvaldo Alves, após o encontro.

Deixe um comentário

*