Rampa de acesso tem acúmulo de água

Rampa de acesso tem acúmulo de água

Moradores do Tatuapé estão preocupados com rampa de acesso para deficientes construída de forma irregular na esquina da Rua Brejal com a Rua Antonio de Barros, altura do número 224, em frente a uma agência bancária.

Segundo os moradores, basta chover um pouco para que a rampa fique toda alagada, o que gera preocupação por conta da água empoçada e também reforça a necessidade de reparos para o escoamento da água.

PARA NINGUÉM
O auxiliar de escritório Murilo Novaes, fica indignado com a situação. “Essa rampa não dá acesso para ninguém, nem para os pedestres quanto mais para as pessoas com deficiência. Pra gente atravessar da calçada para a rua, é necessário dar um salto enorme. Isso é um absurdo”.

OUTROS RISCOS
A situação gera outra preocupação, pois com a água parada acumulada, isso significa um possível foco para o mosquito da dengue.  Em outros locais no extremo da Zona Leste, como Suzano, que teve 17 casos de suspeita de dengue e Poá com dez casos de suspeita da doença, a preocupação é crescente.

SUB MOOCA
A reportagem entrou em contato com a assessoria da Subprefeitura Mooca e questionou se algum tipo de reparo seria feito no local, porém até o fechamento dessa edição não obteve resposta.

Deixe um comentário

*