Prefeito Bruno Covas visita o Tatuapé

Prefeito Bruno Covas visita o Tatuapé

O prefeito Bruno Covas visitou a escola de samba Acadêmicos do Tatuapé, na última quinta-feira, dia 7. Acompanhado do secretário de Cultura, Alê Youssef; e do secretário Executivo Adjunto de Urbanismo e Licenciamento, César Azevedo; Covas foi recebido pelo presidente da própria Acadêmicos, Eduardo dos Santos; e pelo presidente da Liga das Escolas de Samba de São Paulo, Paulo Sérgio Ferreira.

Santos fez questão de exaltar o carnaval de São Paulo, além de agradecer o prefeito e o presidente da Liga pela confiança e pelo trabalho realizado na cidade. Já o prefeito Covas destacou a presença de seus secretários e sobre o seu orgulho de realizar o evento que reunirá milhões de foliões nas ruas, com os blocos, e também no Sambódromo. “Enquanto cidades como o Rio de Janeiro vem diminuindo o investimento no carnaval, São Paulo aposta na festa não só como uma proposta de entretenimento, mas como uma questão estratégica de geração de emprego e renda e da criação da economia criativa na cidade”, frisou. Por fim, o prefeito disse que quer ser parceiro do carnaval e irá se esforçar para organizar um evento cada vez mais bonito.

HISTÓRIA

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Acadêmicos do Tatuapé nasceu no dia 26 de outubro de 1952, fundada por Osvaldo Vilaça, o Mala, e seus amigos. A escola tinha, nessa época, o nome de Unidos de Vila Santa Isabel, em referência e homenagem ao local onde foi fundada, a Vila Santa Isabel.

A MUDANÇA

Em 1964, com a mudança da sede para a Rua Antônio de Barros, a escola passa a chamar Acadêmicos do Tatuapé. Nesta época eram famosas as rodas de samba na Praça da Sé e a batucada da Zona Leste era muito respeitada nesses encontros.

AINDA NO TATUAPÉ

Durante a passagem pelo bairro, Covas também esteve presente em uma Missa na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, na Praça Silvio romero. O prefeito acompanhou a “Noite de Louvor”, com o missionário da Canção Nova, Francisco José dos Santos “Dunga”.

Deixe um comentário

*