Petrobras

O Ministério Público Federal informou nesta quarta-feira, dia 11 de março, que obteve a repatriação da Suíça de R$ 139 milhões do ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco. Segundo o MPF, o valor foi depositado na conta da 13ª Vara da Justiça Federal, em Curitiba, onde tramitam processos referentes à Operação Lava-Jato. A operação de repatriação do dinheiro, desviado da estatal pelo esquema de corrupção investigado na Lava-Jato, foi conduzida pela Secretaria de Cooperação Internacional do MP e é resultado do acordo de delação premiada firmado entre Barusco e o Ministério Público.

Deixe um comentário

*