PARQUE SÃO JORGE – Mortes, índices e estuprador preso são temas do Conseg

PARQUE SÃO JORGE – Mortes, índices e estuprador preso são temas do Conseg

Na última segunda-feira, 13, membros do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança) do Parque São Jorge reuniram-se com moradores da região na sede da OAB Tatuapé, na Rua Antonio Macedo, 95, Tatuapé. Durante o encontro, o delegado titular do 52º DP, Antonio Tadeu Rossi da Cunha, afirmou que sua equipe de investigadores tem conseguido solucionar alguns casos de grande repercussão. Entre eles citou a prisão de um estuprador que agia da área. “Apesar de ter sido uma situação delicada, conseguimos esclarecer cinco das várias ocorrências. Inclusive, acreditamos que o mesmo homem deve ter praticado o crime em outros lugares”, ressaltou o delegado.

ATAQUE
Tadeu também apresentou informações sobre outro crime ocorrido na comunidade do Pau-Queimado. Dois homens em uma moto atiraram em direção a um grupo. No ataque, morreram os jovens Alan Francisco de Oliveira  e Joyce Oliveira. Além deles, outras três pessoas ficaram feridas e foram socorridas. A ação dos suspeitos ocorreu na esquina das ruas Wely Lopes Meirelles e Caetano de Campos.

INVESTIGAÇÕES
Para o titular do 52º DP, são fatos difíceis de se prever. “No entanto, após o início das investigações já foi possível descobrir a motivação do crime. Quanto a outras informações, elas ficam sob sigilo para que o inquérito não seja atrapalhado”, salientou. De acordo com o capitão Hélio Ribeiro Carvalho, comandante da 2ª Cia. do 51º BPM/M, o evento dificultou a programação estabelecida previamente para o policiamento ostensivo da região.

ÍNDICES ALTOS
Segundo ele, parte dos policiais que serviram à Copa do Mundo ainda não retornou ao batalhão. “Mas mesmo com alguns fatores que acabam gerando alguns índices prejudiciais ao conjunto de ações da 2ª Cia., estamos tentando alcançar os números obtidos no ano passado ou mesmo em agosto deste ano”, esclareceu. Conforme o capitão, alguns dados ainda preocupam, como a elevação nos casos de homicídios, furtos e roubo de veículos.

Deixe um comentário

*