‘O Fantasma da Minha Sogra’

‘O Fantasma da Minha Sogra’

Falar de sogra já sugere piadas, cenas engraçadas ou situações hilárias, imagine uma comédia, onde o fantasma da sogra volta para se vingar do genro? Pois a comédia “O Fantasma da Minha Sogra”, muito mais hilária do que uma simples piada de sogra mostra o que aconteceu a um genro safado, que passou a vida tapeando a sogra, se apoderando dos seus pertences e usando a filha da própria como chantagem e interesses para aumentar a sua fortuna.

MÃO NA HERANÇA
Após festejar a morte da mãe da sua “querida esposa”, ele não tem outro objetivo a não ser colocar a mão na herança que a pobre deixou. Morreríamos de pena se a história acabasse assim. Mas ela volta em forma de fantasma para se vingar e ainda, usa a coitada da empregada que é uma sensitiva de quinta categoria para intervir neste plano.

Numa sequência de cenas onde a comédia dos erros se faz presente, no entre e sai de um Vaudeville que ultrapassa os limites da quarta parede, “O Fantasma da Minha Sogra”, com texto e direção de Ronaldo Ciambroni, não vem para assustar ninguém, apenas para matar de rir o espectador.

SERVIÇO
“O Fantasma da Minha Sogra”. Hoje, 30, às 19h30 no Teatro Eva Wilma (Rua Antonio de Lucena, 146, Tatuapé). Ingressos: R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia). Promoção: apresente este jornal e pague R$ 15,00 por pessoa. Mais informações nos telefones 2090-1650 e 2293-8766.

Deixe um comentário

*