Navio

As equipes de resgate conseguiram endireitar, nesta sexta-feira, dia 5 de junho, o navio que afundou no dia 1º de junho, no Rio Yangtsé, no centro da China, para poder acessar seu interior e tentar encontrar os 360 desaparecidos, depois que o número de mortos chegou a 82, na madrugada de sexta-feira. As autoridades chinesas tomaram essa medida depois que consideraram que não havia mais possibilidade de se encontrar sobreviventes, após três dias de complicados e contínuos trabalhos de resgate no rio. Dos 456 ocupantes do “Estrela Oriental”, apenas 14 foram resgatados com vida.

Deixe um comentário

*