Moradores desafiam sub

Moradores desafiam sub

Eles querem saber quantas demandas serão atendidas, após registros de protocolos no 156

Moradores do Parque São Jorge lançaram um desafio na última segunda-feira, dia 11, durante a reunião do Conseg, no Colégio São José do Maranhão. A partir do dia 12, cada morador registraria pelo menos uma reclamação no portal 156 e guardaria o número do protocolo. No encontro do próximo mês, que será realizado no dia 8 de abril, as pessoas cobrariam os resultados dos representantes da Subprefeitura Mooca.

A proposta do morador Rafael Biscaro surgiu a partir do descontentamento de todos com a falta de respaldo do órgão responsável pela zeladoria na região. “Enviamos ofícios, participamos de reuniões, elaboramos documentos com reivindicações e organizamos audiências públicas. Mesmo assim, os funcionários da subprefeitura, que são designados a participarem do Conselho Comunitário de Segurança, simplesmente não apresentam respostas sobre as reclamações”, explicou.

Prefeitura deficiente”

Mais uma vez, o presidente do Conseg, Rogério Félix Martins, ficou esperando o subprefeito Guilherme Kopke, que havia se comprometido a conhecer os moradores. “Criamos um elo entre a comunidade e os órgãos públicos, porém, a Prefeitura tem sido deficiente em matéria de resultados. A gente liga, briga, procura vereador, procura deputado, busca as secretarias municipais, mas ninguém retorna”, desabafou. Após sua fala, assessores dos vereadores Edir Sales e Ricardo Teixeira, além de representante do deputado estadual Olim, se levantaram e ofereceram apoio aos moradores com relação aos contatos com a Prefeitura.

VILA LUÍZA

Moradores da Vila Luiza voltaram a reclamar que a subprefeitura não se interessa pela região. “Não adianta apontar problema em galeria, mostrar buracos, falta de poda de árvore e de varrição, pois ninguém toma providência”, alertou Braz Carvalho. Outro morador lembrou da comunidade de barracos que tomou conta da Rua São Carlos do Pinhal. Segundo ele, como não há nenhuma ação para retirá-los de lá, os mesmos estão abrindo valas no meio da via para, possivelmente, criar redes de esgoto clandestinas.

Deixe um comentário

*