Maldito benefício

Maldito benefício

Tragicomédia em um ato, o espetáculo “Maldito benefício” gira em torno de um jogador de futebol (Tião, interpretado por Leonardo Cortez), que, ao sofrer uma contusão, vê arruinado seu sonho de se tornar a maior promessa do esporte brasileiro. No início da carreira, ele tem de largar o futebol e passa a dirigir o táxi do cunhado (Nunes, Daniel Dottori). Como pano de fundo, a clássica problemática da sociedade brasileira: ferrado na vida, Tião ainda precisa ajudar o pai (Nelson, Ricardo Côrte Real), velho aposentado, na fila do SUS por um transplante, e dar conta das futuras despesas com a mulher grávida (Teresa, Glaucia Libertini).

O conflito vai de desenvolvendo a partir do momento em que Nelson recebe da Previdência Social um comunicado informando a concessão de um benefício acumulado. A grana extra poderá solucionar todos os problemas financeiros do filho taxista. No entanto, colocar a mão no dinheiro não será fácil.

As apresentações ocorrem as sextas e sábados, às 21 horas, e domingos, às 20 horas. A peça fica em cartaz até o dia 29 de junho. Local: Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1.000, sala Jardel Filho, telefone: 3397-4002.

Classificação: 14 anos.

Deixe um comentário

*