Frio

Militantes do Estado Islâmico divulgaram imagens da destruição do templo BaalShamin na cidade síria de Palmira. A explosão, que aconteceu no dia 23 de agosto, deixou a parte fechada do templo e as colunas do entorno destruídas, de acordo com o diretor de Antiguidades e Museus da Síria, Maamun Abdulkarim. Fotos mostram os jihadistas carregando os explosivos para dentro do templo, a grande explosão e os destroços.

Deixe um comentário

*