Fator previdenciário

O vice-presidente da República, Michel Temer, afirmou na quinta-feira, dia 14 de maio, que o governo federal “não é contra” a mudança aprovada pela Câmara dos Deputados, no fator previdenciário, que é o cálculo utilizado para a concessão de aposentadorias. Já o líder do governo na Câmara, deputado José Guimarães (PT-CE), classificou a alteração na regra previdenciária de “derrota” para o País. A mudança no cálculo da aposentadoria foi aprovada pela Câmara por meio de uma emenda incluída pelo PTB na medida provisória que altera o acesso da população à pensão por morte. A chamada MP 664 faz parte do pacote de ajuste fiscal que o governo propôs ao Congresso Nacional para reduzir gastos e reequilibrar as contas da União.

Deixe um comentário

*