É só o começo da ‘luta’ contra enchentes

É só o começo da ‘luta’ contra enchentes

A Secretaria de Obras será acionada para que verifique a situação real da Rua Arnaldo Cintra

Moradores dos condomínios Vivace Park e Vivace Clube, localizados na Rua Arnaldo Cintra, junto à Marginal Tietê, pedem que o local seja incluído em plano de emergência contra enchentes da Prefeitura. Isso porque, segundo eles, os alagamentos têm se intensificado com o passar dos anos e os comprometimentos materiais e relacionados à saúde também se elevaram substancialmente. Sara Locosque Ramos lembrou que a Secretaria de Obras em nunhum momento explicou para os moradores o que acontece no local. “De acordo com informações de pessoas que vivem a mais tempo na região, o Córrego Tatuapé, por exemplo, consta como canalizado, o que não é verdade. Quanto ao Córrego Aricanduva, segundo consta, ele também tem uma alça que passa pela Arnaldo Cintra e encontra o Tatuapé. Quando os dois extravazam, tanto a rua dos edifícios, quanto a marginal, ficam intransitáveis”, explicou.

Não é aceitável o sofrimento”

A moradora declarou esperar que técnicos do município façam uma avaliação dos pontos de cheias para descobrir a situação real. “Entre as sugestões estaria a própria canalização do Córrego Tatuapé, que não foi feita, ou a criação de uma nova tubulação cortando a Rua Arnaldo Cintra desde o início até chegar no rio Tietê”, sugeriu Sara.

Com o agravamento da situação, condôminos irão se mobilizar, junto com o Conseg Parque São Jorge, para descobrir como era a área antes da construção dos edifícios, que tipo de ação foi feita pela Prefeitura, com relação ao escoamento das águas pluviais, e quais projetos podem surgir a partir das informações resgatadas. “Temos de tentar tudo o que for possível, pois não é aceitável continuar gerando tanto sofrimento aos moradores”, completou ela.

Deixe um comentário

*