E a Petrobras ainda não caiu

Será que não cai? Não sabemos; só sabemos que o balanço da Petrobras foi divulgado. Será que vai resolver alguma coisa? Simplesmente serve para constatar uma parte do prejuízo: 21,6 bilhões de reais, que possivelmente não representa nem a metade do que realmente foi desviado.

Ninguém tem a conta correta. Só mesmo os larápios que ainda escondem fatos para que não devam devolver o que levaram e que jamais será devolvido. Esse balanço serve para dar uma satisfação aos investidores estrangeiros, e é uma tentativa de recuperar o irrecuperável, a credibilidade perdida. É fácil perder, mas quase impossível recuperar, porque os desmandos foram demais, saíram dos padrões, da normalidade do imaginável.

O que mais nos afronta é a “cara de pau” de um Vaccari Neto, negando tudo e dizendo que o PT só recebeu doações legais e aprovadas pelas autoridades competentes, ou melhor, incompetentes, senão não as aprovaria.

O que mais nos espanta é o silêncio sepulcral dos principais responsáveis por tudo isso, Lula e Dilma. Eles são incapazes de vir a público e dar um esclarecimento, ou mesmo manifestar sua solidariedade aos ladrões que fizeram da maior empresa da América Latina uma empresa falida. Onde estão neste momento, por que desapareceram (Dilma nem quer fazer o discurso de 1º de Maio)? O grande “paizão” está escondido debaixo das saias da mulher e das colchas de sua cama e a “mãezona” nem se sabe onde está. Ela acaba de terceirizar o Brasil para o ministro Joaquim Levy e para o vice-presidente Michel Temer, que já posa de presidente, só lhe falta a faixa.

Por outro lado, se vê o PSDB perder a grande oportunidade de consagrar-se definitivamente, esconde-se da verdade, deixa o povo bradar por tudo e não o acompanha. Não se vê um gesto de apoio e de engajamento; felizmente o povo nem quer o apoio, manifesta-se espontaneamente, não quer envolvimento político; só quer demonstrar aos políticos seu repúdio, seu verdadeiro ódio, cansado que está de tanta bandalheira e sem-vergonhice .

Onde está o Aécio? E o Fernando Henrique? Cadê o Serra, o Alckmin? Estão calados.

Não é hora de esperar, é hora de agir e com energia, garra e determinação. Não podemos mais esperar. Vamos escrever uma página viva da caminhada do homem nesta vida em busca de dias melhores com moral, decência e correção. Vamos passar a limpo tudo isso e vamos escrever a nova história do Brasil. Havemos de recuperar nossa credibilidade perante o mundo, havemos de expulsar deste País, para nunca mais voltar, essa corja de ladrões.

Deixe um comentário

*