DROGAS EM ESCOLAS – Denarc promove palestras

DROGAS EM ESCOLAS – Denarc promove palestras

Após a constatação da delegada titular do 30º DP – Tatuapé, Ana Lúcia de Souza, de que estudantes do bairro estariam envolvidos com o consumo e a venda de drogas, a reportagem desta Gazeta entrevistou, na semana passada, o policial do Denarc (Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico) e palestrante, Márcio Rodrigues, membro da área de serviços sociais e de prevenção ao uso de drogas. O objetivo era saber do especialista se as escolas da região poderiam receber o apoio do órgão com palestras sobre o tema.

ADULTOS
Segundo ele, a primeira questão a ser esclarecida, com relação às escolas, é a de que os temas serão direcionados a professores, diretores, coordenadores, psicólogos, pais de alunos, entre outros, desde que sejam adultos. Antes de agendar a palestra, Rodrigues ressaltou a importância da instituição encaminhar um e-mail para o Denarc esclarecendo os pontos principais a serem abordados dentro do assunto drogas.

PROTOCOLO
Além disso, o estabelecimento de ensino deve enviar o ofício de maneira que seja protocolado. No documento devem estar especificados o local e o número de participantes do encontro. Na oportunidade, Rodrigues apresenta casos e situações reais envolvendo os jovens e seus familiares no combate ao vício. O palestrante também mostra os sinais de alerta aos quais os pais devem estar atentos e dá informações sobre os efeitos nocivos de cada tipo de entorpecente.

PLANEJAMENTO
Conforme o especialista, dentro de um planejamento ideal seria mais vantajoso se professores e coordenadores desenvolvessem um projeto sobre o tema e o encaminhasse ao Denarc para que especialistas avaliassem questões legais do plano. Depois disso, o programa seria devolvido para a escola com as orientações sobre o que poderia ser feito. Nesse sentido, tanto Rodrigues quanto outros colegas prestariam mais esclarecimentos e tirariam as dúvidas necessárias antes da apresentação aos estudantes.

INSCRIÇÕES
Dono de um currículo com mais de duas mil palestras, o especialista lembra do curso de capacitação de recursos humanos  para agentes multiplicadores oferecido pelo Denarc. Nele, os interessados com mais de 18 anos podem participar de 20 horas de aulas e, no final, receber um diploma de prevenção primária. O policial salienta que 64 mil pessoas já estiveram nas aulas. Tanto as escolas como os interessados de um modo geral devem enviar a solicitação para dipe.denarc@policiacivil.sp.gov.br. Se quiserem também podem ligar para 3815-8761 e 3815-8964.

CLÍNICAS
No caso de pessoas que necessitam de um apoio mais imediato, Rodrigues avisou que o Denarc possui um setor de encaminhamento para pessoas ou famílias que não sabem como agir quando um parente ou amigo se envolve com drogas. O programa funciona sem custos, das 10 às 19 horas. Para isso, há clínicas cadastradas, gratuitas ou não, para receber essas pessoas. Local: Rua Rodolfo Miranda, 636, Bom Retiro.

Deixe um comentário

*