CVV: trabalho de valorização à vida

CVV: trabalho de valorização à vida

O Centro de Valorização da Vida (CVV), instituição filantrópica com 72 postos espalhados pelo Brasil, oferece apoio emocional ininterruptamente através do telefone 141.

Um dos focos é o combate ao suicídio, que ainda, infelizmente, continua a assombrar muitas pessoas. Tanto é, que ultimamente várias matérias têm sido veiculadas envolvendo pessoas públicas que “decidiram” tirar a própria vida.

O INÍCIO
E foi justamente com o objetivo de agir na prevenção do suicídio que, há 52 anos, nasceu a instituição, uma organização civil sem fins lucrativos que em 1973 foi reconhecida como de Utilidade Pública Federal.

O trabalho desenvolvido procura estender a mão àqueles que querem desabafar sem serem julgados, criticados, cobrados, comparados, mal tratados ou não querem escutar sermão.

LIGAÇÕES
Suas ações são tão importantes que o call center chega a receber mais de um milhão e duzentos mil contatos anuais. Isso significa uma chamada a cada 33 segundos em média, ocupando a sexta colocação entre os serviços mais procurados, ou seja, de telefones úteis.

O atendimento é feito por dois mil e duzentos voluntários, distribuídos em 18 Estados mais o Distrito Federal. Além do telefone, os atendimentos também são feitos pessoalmente, nos 68 postos de atendimento, ou ainda pelo site  via chat, VoIP (Skype) ou e-mail. Na região há uma unidade na Rua Pinhalzinho, 389 C, na Vila Carrão.

VOLUNTÁRIO
O CVV é associado ao Befrienders Worldwide (www.befrienders.org), entidade que congrega as instituições congêneres de todo o mundo, participando da força tarefa que elaborou a Política Nacional de Prevenção do Suicídio do Ministério da Saúde.

Para se tornar um voluntário, o CVV oferece cursos gratuitos três vezes por ano. Ontem sábado, dia 16 de agosto, ele aconteceu das 13 às 18 horas, no posto da Vila Carrão, sendo o último de 2014.

No final do curso, as pessoas decidem se querem ou não se tornar voluntárias. Ele é válido mesmo para quem não se acha preparado para atender. Saiba mais no www.cvv.org.br ou nos telefones 3493-6708 e 96439-3886, das 9 às 21 horas, e pelo e-mail vilacarrao@cvv.org.br.

Deixe um comentário

*