Clube do Tatuapé vai ganhar CEU

Clube do Tatuapé vai ganhar CEU

O diretor do Centro Esportivo Tatuapé, José Garcia Telles Junior, vive a expectativa de receber as obras do “Território CEU”. Desde quando assumiu a coordenação do clube, há pouco mais de um ano, Telles tem tentado contornar as situações geradoras de reclamações por parte dos frequentadores do local. Segundo ele, a recuperação dos espaços tem sido feita de forma gradual e a poda do mato é realizada pelos próprios funcionários com o objetivo de agilizar o serviço.

ATIVIDADES
Telles destacou o fato do Centro Esportivo ter diversas atividades nas piscinas, no campo de futebol, nas quadras poliesportivas do ginásio e externas. Além dessas, há ainda a Academia de Boxe, ginástica para a terceira idade, entre outras aulas. Agora, com a possível transformação da área em “Território CEU”, esta Gazeta questionou a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano sobre as mudanças.

capoeira_fabrica de cultura_Belem - arquivo ginastica artistica - PMSP

Sobre o início da implantação do projeto, a secretaria afirmou que está em curso a licitação de nove territórios CEUs, entre eles o Tatuapé. As obras devem ter início no segundo semestre deste ano.

PRÉDIOS
Com relação à construção de outros prédios no local, o órgão revelou que este projeto exige novas edificações cuja configuração varia caso a caso de acordo com as características dos diferentes terrenos. O programa completo abrange, na área da educação: a criação de um Centro Municipal de Educação Infantil Integrada (Cemei), que engloba creche e educação infantil na mesma escola, possibilitando a educação integrada da criança em toda a primeira infância, de 0 a 5 anos e 11 meses (previsão de 508 crianças).

CULTURA
Já no quesito cultura, prevê a instalação de biblioteca, cine teatro, com capacidade para 250 pessoas, salas de artes, sala de música, estúdio de gravação e oficinal digital. No esporte: piscina semiolímpica aquecida, quadra poliesportiva, salas de atividades (ginástica, dança, capoeira, artes marciais e afins) e vestiários.

UNIVERSIDADE
Há previsão de que o local também tenha espaço de múltiplo uso para abrigar atividades de contraturno, da Universidade Aberta do Brasil (UAB), do Pronatec, do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), de administração e do conselho gestor. O múltiplo uso contará com salas de aula e laboratórios e seu programa e respectiva população atendida pode variar de acordo com a configuração espacial do edifício a ser implantado e pela demanda de cada região.

REQUALIFICAÇÃO
Quanto ao número de frequentadores, a pasta divulgou que a quantidade deverá aumentar substancialmente. Conforme a secretaria, além da população “fixa” que ele traz para o equipamento, a programação de atividades de lazer e cultura significa um importante polo de atração para a população. Um dos objetivos da implantação dos novos CEUs em Centros Esportivos é promover sua requalificação e maior aproveitamento do equipamento.

Sobre a equipe de funcionários para atender a demanda de eventos, a secretaria ressaltou que os novos equipamentos terão seus próprios recursos humanos e financeiros. E, por fim, no que diz respeito à implementação do projeto também nos centros esportivos Mooca e Manchester, o órgão adiantou que isto não irá ocorrer.

Deixe um comentário

*