Chuva

A chuva que atingiu o Sistema Cantareira na segunda-feira, dia 3 de novembro, interrompeu uma sequência de quedas no nível dos reservatórios que vinha desde 27 de setembro. Na terça, dia 4, o volume acumulado se manteve em 11,9%, o mesmo do dia anterior, segundo medição da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). A sequência de quedas foi de 38 dias. Apesar da forte chuva e da estabilização do nível, faz 202 dias que não há acréscimo no volume acumulado do Sistema Cantareira. A última vez que isso ocorreu foi em 16 de abril, quando o nível subiu de 12% para 12,3%.

Deixe um comentário

*