Caminhoneiros

Ivar Schmidt diz ser responsável por pelo menos 100 pontos de bloqueio de caminhoneiros nas rodovias do País. O líder do recém-criado Comando Nacional dos Transportes, que não é vinculado a nenhum sindicato ou confederação de trabalhadores, atribui o sucesso de sua mobilização ao Whatsapp. É por meio desse aplicativo de troca de mensagens que ele se comunica com os líderes de cada ponto de bloqueio e passa orientações. O governo conseguiu na Justiça a liberação das rodovias federais em 11 estados. Porém, na quinta-feira, dia 26 de fevereiro, os caminhoneiros mantiveram bloqueios em sete deles: Ceará, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Deixe um comentário

*