Avenida Celso Garcia – Trânsito está caótico

Avenida Celso Garcia – Trânsito está caótico

A partir de amanhã, dia 21, os veículos que circulam pela Avenida Celso Garcia estão autorizados a transitar no sentido centro. A CET iniciou a implantação do novo sistema de trânsito há cerca de um mês, com a alteração da sinalização de solo. Depois, a Companhia de tráfego passou a efetivar a troca de placas, que ainda não foi concluída. Na sequência, a empresa ainda pretende mudar o posicionamento dos semáforos existentes e instalar novos radares ao longo da via.

Todas as alterações estão gerando uma série de reclamações e protestos de moradores e comerciantes que vivem ou trabalham no entorno. Parte dessas contestações foram encaminhadas à redação, em forma de carta, e seguem abaixo:

SATURAÇÃO EM POUCO TEMPO

“Sou professor universitário e morador da região. Junto com outros moradores, estou acompanhando as mudanças na Celso Garcia, decorrentes de uma proposição do mandato do vereador Ricardo Teixeira. De fato, a avenida precisa de mudanças estruturais urgentes, dado o seu estado deplorável e de abandono. No entanto, estamos todos muito preocupados com as mudanças propostas, pois não nos parece que a mão dupla irá resolver os problemas da avenida, que é bastante complexa, com realidades e demandas distintas no Brás, no Belém e no Tatuapé. A diminuição de uma faixa de rolagem sentido bairro aumentará sobremaneira o trânsito no período da tarde (período de maior demanda) e apenas uma faixa de rolagem sentido centro não criará uma real alternativa à Radial Leste, ficando saturada em pouco tempo. O maior problema, entretanto, será a proibição das conversões à esquerda no sentido bairro. Os carros precisarão desviar para as ruas locais e residenciais, estendendo o trânsito para os já saturados bairros. O corredor de ônibus será prejudicado, pois não haverá mais área de ultrapassagem (necessária, pois os pontos são divididos em três), sendo os motoristas obrigados a trafegar junto às sarjetas, absolutamente esburacas (vale lembrar que estamos falando do maior corredor de ônibus do mundo). Em relação à suposta redução de acidentes com pedestres, temo que a proposta não reduzirá esse número, pois as faixas laterais continuarão reservadas aos ônibus, induzindo os pedestres a uma falsa percepção do trânsito (as faixas centrais congestionadas e as laterais livres).

Esse é o diagnóstico geral, tanto de minha parte quanto de outros moradores e também especialistas em questões urbanas com os quais venho conversando. Todas essas questões vêm provocando um alvoroço entre moradores, como pode ser verificado nas redes sociais, nas conversas formais e informais. A maior indignação é que tudo isso está sendo feito sem nenhum tipo de melhoria básica, como limpeza, recapeamento, iluminação etc. Apenas pintura em um asfalto indigno dessa nomenclatura. Outros moradores, inclusive jornalistas e engenheiros, já solicitaram o estudo à Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes, sem sucesso.

Gostaríamos de chamar atenção para uma área em específico, o cruzamento da Salim Maluf com a Celso Garcia (o cruzamento mais sensível e problemático de todo trajeto da Celso Garcia). Aqui existe uma importante conversão à esquerda, a entrada da Rua Ulisses Cruz, que dá acesso à marginal Tietê e Via Dutra e que é utilizada por milhares de veículos diariamente. As novas sinalizações que vêm sendo instaladas e as informações dos agentes da CET no local indicam que essa conversão será extinta e que os veículos, inclusive caminhões e ônibus, necessitarão acessar as ruas locais, deslocando um volume considerável de trânsito para o bairro (além dos carros provenientes da Salim Maluf que já entram nessas ruas para acessar a Celso Garcia). Trata-se de uma mudança enorme que trará um impacto absolutamente negativo nessas ruas, numa área já asfixiada por duas grandes avenidas, e nenhum dos moradores foi ouvido nesse processo. Esse volume enorme não será comportado nessas ruas, pois o trânsito já é grande e a tendência, se isso for realmente implantado, é degradar, além da avenida, as ruas adjacentes.”

Carlos Eduardo Souza Aguiar

INÚMERAS OCORRÊNCIAS

“Estou absolutamente de acordo com a revolta do professor Carlos Eduardo Souza Aguiar a respeito das absurdas mudanças que estão sendo impostas goela abaixo a todos os moradores do entorno da Celso Garcia, mudanças estas que afetarão e irão tumultuar de maneira negativa e inadequada a Penha, Parque São Jorge, Tatuapé, Belém e Brás, até o Largo da Concórdia.

Sou morador e nascido justamente na Celso Garcia, no Belém, em 1953, portanto há 65 anos resido no bairro e convivo com esta avenida e nesse período nada foi feito no sentido de melhorias para esta importante avenida e, agora, muito pelo contrário, estas insanas medidas colocarão sim a Celso Garcia em boletins de inúmeras ocorrências que certamente irão ocorrer.

Evidente que o que está por trás de tudo isto é visibilidade em marketing, pois é uma forma de trazer para os noticiários, mesmo sabendo que não dará certo. O pior que poderá ocorrer é mudarem novamente pois, para estes oportunistas, não importa o prejuízo. Quem paga e sofre somos nós os moradores.

O que mais revolta é que a população jamais foi consultada para estas mudanças. Nenhum bairro foi consultado e essas mudanças não têm aprovação dos diversos Consegs das regiões afetadas.

O que existe sim é um trabalho absurdamente sem preparo das prefeituras regionais, CET e alguns políticos de plantão, pois existem inúmeros vereadores contra também este projeto.

O Belém irá virar um caos. Isto porque estamos em férias escolares. Agora, imaginem quando voltarem as aulas?

O projeto Asfalto Novo foi um engodo. Agora, após um tapa muito mal feito, nos asfaltos das ruas, optaram em iniciar este mês, pois estamos em férias escolares e, mesmo sem aula, irão constatar o tamanho da ingenuidade que estas mudanças irão causar.”

Mauricio Victoriano

TUDO PARADO

“Pelo amor de Deus! O que precisamos fazer para mudar a bagunça que a CET fez na Celso Garcia e seu entorno? Passo por lá todos os dias e, em qualquer horário, o trânsito está infernal! O farol abre, passam quatro carros e fecha! Levava oito minutos da Rua Arnaldo Cintra até a Rua Diamante Preto e agora gasto 20 minutos! Só posso entrar na Rua do Tatuapé e, quando chego nela, está tudo parado! Na última quinta-feira, entrei na rua da feira e tive que pegar a contra mão! Rua do Tatuapé, Rua São Jorge e as paralelas estão paradas!

Fernanda Cestari Accorsi

VERDADEIRO CAOS

“Depois que a CET fez mais uma pista sentido centro o trânsito está péssimo em qualquer horário. Houve um acidente grave de um carro que saía da Rua Engenho Velho para a Celso Garcia, sentido bairro, quando foi atingido por um ônibus que estava na segunda pista, sentido centro. Por favor dê uma atenção para este caso porque está um verdadeiro caos.”

Rosicler Ribaldo Saab

Deixe um comentário

*